segunda-feira, 16 de março de 2009

Das coisas que não entendemos







Por que sentimos saudade?

Por que somos possessivos?

Por que somos esgoístas?

Por que nos sentimos no direito de "mandar" na vida de quem amamos?



Seria muito mais simples deixar a vida nos levar, sem preocupações com o amanhã, sem dúvidas quanto ao futuro...



* Esse é apenas um esboço de um tema a ser discutido a looooongo prazo...

Beijos ;)


2 comentários:

Érica disse...

"O ciúme faz com que o ciumento veja sombras, fantasmas, com voz, com físico, com vida. Mas são visões , não mais; eis que o ciúme também pode transformar lágrimas em cristais." (Calderón de la Barca)

Excelente texto! Gostei mais dos questionamentos sobre ciúmes e possessividade, rsrs... Foi a razão pela qual transcrevi a frase acima!
Bjoss

Camila disse...

Oi, moça! Os escritos de Maria Esther Maciel e sua adorável Zenóbia me trouxeram aqui. Gostei muito do pouco que li e pretendo voltar.

Um beijo.