segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

E então...


Estamos próximos do Natal. E não é porque estamos próximos do Natal que vou fazer algumas considerações. É só coincidência mesmo.
Primeiramente gostaria de dizer que este será o segundo Natal mais feliz da minha vida. Não, não tenho bola de cristal e nem previsão de ganhar 16 livros da Anne Rice novamente. Será um Natal lindo e feliz porque o homem da minha vida estará comigo. Sim. Desde que nos conhecemos ele sempre está. Nos momentos felizes, nos momentos tristes. Ele sempre está comigo. Quando não ao meu lado, no meu coração.
Segundamente, a data não importa tanto. O que importa é o nosso histórico. O que temos feito, o que podemos fazer para tornar nossa vida melhor? Para tornar o outro mais feliz? Posso dizer que tenho tentado, constantemente, fazer com que os que estão ao meu lado se sintam bem (tirando os dias de TPM, obviamente).
Terceiramente, preciso dizer que estou muito encantada com um pequeno boxer de cara enrugada que possivelmente será um grande companheiro por muitos e muitos anos. E eu que não gostava de cachorros tempos atrás...
Quartamente (tá bom, parei com essa contagem tosca!), não vou escrever mais por agora senão gasto o assunto do próximo post! rs...

Beijos!

Um comentário:

Lora Pontes disse...

Rá! Eu te disse que quem não gosta de cachorro é porque nunca teve o privilégio de conviver com um!!!!
Eu sabia que vc se renderia a esse amor incondicional!!!!
Um beijão pra vc!!!!