terça-feira, 30 de novembro de 2010

Sweet November



É. Acabou. Um mês que foi melhor que muuuuuuuuuuuitos em muuuuuuuuuuito tempo.
Na verdade, a vida começou a ficar realmente boa antes, porém, esse foi um mês especial.
Novembro se vai deixando doces lembranças.
Dezembro chega e traz ares de festa. Aniversário, Natal, Ano Novo... Tudo que deixa a maioria das pessoas felizes. Eu me sinto feliz, não pela data, mas sim por ter pessoas tão especiais na minha vida. Sou grata a Deus por isso, por tudo que vivo hoje, e por tudo que vivi antes.
Um ciclo se fecha agora... 26 anos quase completos... tenho que ter aprendido alguma coisa nesse tempo todo, não?
No ano anterior, nessa mesma época, o sentimento que habitava em mim era totalmente inverso ao que há agora. De agonia, tristeza, lágrimas... Hoje tenho alegria, esperança, sorrisos.
Minha família e meus amigos são peças fundamentais na minha vida. Me ajudaram a me tornar a pessoa que sou hoje. Até meus "desafetos" ajudaram... rs. Obrigada.
Eu me sinto imensamente feliz. Digamos que... completa. Graças ao C. Amadureci muito no caminho até ele. E continuo adquirindo mais maturidade na convivência ao seu lado.
Tudo está bem. Tem tudo pra ficar melhor ainda. Tudo vai dar certo.
É. Estou amando. Desculpem a visão "Poliana" da vida, mas é assim mesmo que me sinto.
Mesmo com pedras no caminho... Tenho aprendido a arte de contorná-las.


"Felicidade é ter o que fazer, ter algo que amar e algo que esperar". (Aristóteles)


Beijos pra quem lê.

Good night... e a gourgeous december!

3 comentários:

Dexter Troy. disse...

Beleza. É só o que vejo quando olho para você.

Sim, você aprendeu muito na sua vida. E ainda tem muito o que aprender. Mas, principalmente, todo dia ensina algo novo e bonito a meu velho e surrado coração.

Te amo. Bj. C.

Vítor Palmeiras disse...

Aí sim!

E outro ponto positivo é que você está entrando em outra faixa de seguro veicular e vai poder pagar mais barato aos 26. :P

Uma vez, embrigado obviamente, soltei essa frase, que não garanto ser original: A vida é citricamente cíclica. E não é?

Flávia Mendes disse...

Que bom Cleo, fico feliz por você nessa sua nova fase =)
Felicidades sempre!
Beijos